Prainha - Praia da Pinheira
A Prainha ou como dizem os nativos, Praia da Gaucha Pelada é a única na região que não tem nenhum tipo de construção.

Suas ondas são bastante violentas, pelo que é procurada por surfistas. Graças a seu aspecto selvagem e o fato de que só se chega caminhando por trilha, geralmente esta deserta. No verão é um pouco mais visitada, mas geralmente tem menos gente que as praias da Pinheira ou a vizinha Guarda do Embaú.

Tem uma extensão de pouco menos de um km, e é extremamente bela. Esta rodeada por morro com mata nativa, dois belos costões e dunas.

O caminho ideal para ir a Prainha desde a Pinheira é seguir pela rua principal da Praia de Cima em direção oposta à Praia de Baixo. Deve-se subir o morro por uns 200mt e pegar a esquerda na primeira trilha. Um vez no final da trilha se encontra um caminho, no qual se deve pegar a esquerda.

Um parêntese na caminhada à Prainha é pegar a esquerda numa trilha que surge no caminho. Caminha-se uns 20mt por esta trilha chegando a uma pedra que tem uma maravilhosa vista de Pinheira, Ponta do Papagaio, Sul de Florianópolis, etc.

Voltando ao caminho a Prainha, este faz uma curva a direita e desce o morro com vista para o Vale da Utopia. No final deste caminho há um grande gramado com uma cerca. Neste ponto já se vê a Prainha, à direita. Cruza-se a cerca, e se caminha pela trilha em direção a Prainha, a qual termina no costão norte da praia. Para retornar a Pinheira desde a Prainha se pode voltar pelo caminho descrito acima ou seguir até a Guarda do Embaú pelo costão sul, completando a volta ao morro. Neste caso é uma boa idéia visitar a piscina natural que está entre Guarda e Prainha. Uma vez na Guarda, se pode pegar o ônibus Paulotur de volta à Pinheira.

É importante levar água ao fazer esta caminhada, já que não há comércios onde comprar.

Veja no mapa abaixo o detalhe das trilhas.